GRAVIDEZ E ANIMAIS: COMO CONCILIAR

..

Basta a mulher anunciar que está grávida para surgir a preocupação se deve manter seus animais de estimação por perto. Afinal, existem inúmeras teorias do que o inocente mascote pode fazer tanto pra ela, quanto para o bebê.

Embora tenham muitos temores ao se tratar do assunto, o receio de que um animal prejudique a gestação se deve mais pela desinformação.

Por isso, separamos algumas recomendações que se fazem necessárias para que nada de aconteça na chegada do pequeno e todos vivam em harmonia:

1 – Antes do bebê chegar, deixe que seu animalzinho participe da gestação. Ele entenderá que um novo membro da família está a caminho.
2 – Um bebê com certeza ocupará grande parte do seu tempo. Adeque sua rotina, mesmo antes do parto, para que o animal não associe a chegada do bebê a uma mudança negativa em sua vida.
3 – Deixe que o pet e o bebê se aproximem gradualmente, sempre supervisionando o convívio.
4 – Alergia? Aqui não! Estudos comprovam que as crianças que convivem com animais desde cedo, desenvolvem melhor imunidade e são, na verdade, menos propensas a se tornarem alérgicas.

Todos os passos feitos? Boa sorte na chegada do pequeno e muito amor para a família!